Ana Moser

Criado em 2001 pela ex-atleta e medalhista Olímpica, Ana Moser, o Instituto Esporte & Educação (IEE) já atendeu mais de 3,1 milhões de crianças e jovens, além de ter formado mais de 40 mil professores em todo o Brasil. O projeto tem como objetivo a inclusão, atuando com crianças e adolescentes em atividades esportivas e socioeducativas.

Líder de sua geração no vôlei feminino, Ana Moser - além de executar o trabalho com o IEE - também trabalhará como mentora de todos os outros projetos que farão parte da plataforma BV Esportes.

iee

esporteeducacao

Quer saber mais?

Então, confira as atualizações do projeto abaixo.

Outubro
2018

Esporte e vivências:
escolas indo além da informação!

O esporte tem ocupado novos espaços dentro do meio estudantil. Uma formação consistente costuma estabelecer conexões com a realidade escolar que busca aprimorar. Veja como tem funcionado a parceria com o IEE através do esporte.

Outubro
2018

Levando em conta
a realidade local

Mover-se como expressão do ser humano deve ser garantido como oportunidade em rotinas, tempos e espaços escolares. Confira como rolou essa iniciativa com o apoio do IEE.

Medalhista desde a categoria de base até o time profissional das seleções brasileiras de vôlei.

Conquistou 13 medalhas pela Seleção Brasileira, 2 campeonatos mundiais de clubes e 11 premiações individuais na carreira.

Foi MVP, melhor atacante e melhor sacadora em diversos campeonatos que disputou.

Foi parte principal do time que trouxe a primeira medalha olímpica para o vôlei feminino.

Em 2009 entrou para o Hall da Fama do Voleibol, seleto grupo que conta com apenas 7 jogadores brasileiros.

Medalhista desde a categoria de base até o time profissional das seleções brasileiras de vôlei.

Conquistou 13 medalhas pela Seleção Brasileira, 2 campeonatos mundiais de clubes e 11 premiações individuais na carreira.

Foi MVP, melhor atacante e melhor sacadora em diversos campeonatos que disputou.

Foi parte principal do time que trouxe a primeira medalha olímpica para o vôlei feminino.

Em 2009 entrou para o Hall da Fama do Voleibol, seleto grupo que conta com apenas 7 jogadores brasileiros.